PSD e BE exigem que Governo garanta todos os impostos na venda de barragens da EDP

Bloquistas pediram uma audição urgente com o ministro do Ambiente. Tal como os sociais-democratas, querem saber que impostos serão arrecadados no negócio com os franceses da Engie, e qual o seu método de cálculo.

Foto
Adão Silva lembra que a Água é uma enorme riqueza da região de Trás-os-Montes Nuno Ferreira Santos

Os grupos parlamentares do PSD e do BE querem saber se o Governo vai garantir que o Imposto do Selo decorrente da venda de seis barragens da EDP no Douro aos franceses da Engie “será efectivamente pago como a lei prevê”. Temendo que a operação, no valor de 2,2 mil milhões de euros, possa ser alvo de planeamento fiscal, Adão e Silva e os restantes eleitos por Bragança e Vila Real exigem saber qual “será o valor do Imposto do Selo a cobrar e quais são os cálculos para a determinação do valor desse imposto para esta transacção”. Ao final da tarde desta quarta-feira, o Bloco de Esquerda anunciou ter pedido a presença urgente do ministro do Ambiente na Assembleia da República.