Nova “geringonça” valeria hoje 51% mas o PSD está mais perto do PS

Sondagem da Universidade Católica para PÚBLICO e RTP mostra que sociais-democratas cortaram para metade o caminho até aos socialistas. E que quase metade do eleitorado do CDS não sabe em quem votar.

Foto
Reuters/JOHANNA GERON

Se as legislativas fossem agora, a antiga “geringonça” valeria 51%: o PS teria 37%, e Bloco e CDU somavam 7% cada um. Ou seja, seria um cenário em que a esquerda estaria mais perto do peso político com que saiu das eleições de 2015, quando os três somavam 50,75%, do que das do ano passado, quando contabilizavam 52,19%. A diferença em relação às legislativas de 2019 é que, neste estudo, o Bloco tem menos percentagem (perde um quarto) e a CDU sobe uns meros 0,7 pontos, o mesmo que o PS.