Design: procuram-se ideias não-digitais para recuperar o contacto interpessoal

Universidade do Porto tem um concurso internacional para encontrar uma solução de design que resolva a crise de contacto face-a-face. Candidaturas até 15 de Fevereiro.

Foto
Phix Nguyen/Unsplash

A Universidade do Porto (UP) lançou um concurso internacional de ideias; The Power of Design pretende recuperar a convivência interpessoal, sem a utilização de tecnologia digital. As candidaturas estão a decorrer até 15 de Fevereiro.

O concurso aceita candidaturas de pessoas ligadas ao design e à criação, com ou sem formação académica. As candidaturas devem incluir um título, um esboço da ideia e um resumo do projecto que explique o quê, como, onde, com quem ou para quem é a ideia. Os critérios “vão desde ser não-digital, facilitar a convivialidade segura, engajadora, brilhante, ser realístico, atractivo, sustentável e de localização geográfica generalizada”, explica o impulsionador da iniciativa ao P3, António Ferreira.

Foto
Cartaz The Power of Design

As ideias submetidas devem ser capazes de criar soluções sem qualquer componente tecnológica nem digital, mas que sejam “criativas de qualquer outra natureza”, esclarece António Ferreira, que relembra que o concurso “está aberto a qualquer participante de qualquer parte do mundo”. 

O propósito do concurso chegar a “pessoas com capacidade de promover uma ideia que resolva isto que nos afecta agora a todos, o vírus e esta impossibilidade de estarmos juntos”. As soluções digitais actuais, por mais meritórias que diz serem, parecem a António Ferreira extremamente limitadas e não promovem a convivialidade.

As melhores candidaturas vão ser apresentadas na Galeria da Biodiversidade da Universidade do Porto e publicadas numa revista de design. O primeiro prémio recebe três mil euros e os segundo e terceiro, mil euros. É ainda possível que a Universidade do Porto se predisponha a desenvolver uma ou mais ideias, com possibilidade de entrada no mercado.

Um evento público onde serão discutidas soluções não-digitais e onde se pretende debater os assuntos de interesse para o concurso está previsto para Janeiro. Será um “momento de relançamento do concurso”, conta António Ferreira.

Promovido pela UP, o The Power of Design tem o apoio do Museu de História Natural, da Faculdade de Engenharia, do Centro de Investigação dos Transportes e da Urbanização e da Casa Comum, instituições daquela universidade.

Texto editado por Ana Maria Henriques