Pagamentos nas lojas com MB Way dispararam 321% em Dezembro

Compras online aumentaram 40% e nas lojas físicas diminuíram 11%, em comparação com o mesmo mês de 2019.

Foto
Goncalo Dias

Os portugueses fazem cada vez mais compras online e o uso da aplicação para telemóveis MB Way continua em forte crescimento, uma evolução que não é alheia às preocupações e as limitações relacionadas com a pandemia da doença de covid-19. O mês de Dezembro, um dos picos de consumo anuais, reforçou essa tendência, com os pagamentos em loja com recurso ao MB Way a cresceram 321% e as compras online, também com recurso a essa tecnologia, a subirem 241%, face ao período homólogo de 2019.

De acordo com dados divulgados esta sexta-feira pela SIBS, gestora da rede Multibanco, o MB Way terminou 2020 com mais de três milhões de utilizadores e mais de 100 milhões de operações num só ano. Só no mês de Dezembro, em boa parte devido às compras de Natal, foram realizadas mais de 15 milhões de operações, “valores que praticamente triplicaram desde há um ano”.

Refira-se que, com a chegada do novo ano, os custos das transferências realizadas através da aplicação (app) MB Way ou outras criadas pelos bancos passaram a ter novas regras, onde se incluiu um determinado número de operações gratuitas e a limitação de preço das restantes.

Em termos globais, “as compras online voltam a ser um indicador relevante, continuando a crescer em contraciclo às compras em lojas físicas”, refere a SIBS em comunicado. Ainda em Dezembro, “as compras online aumentaram 40% em comparação com o mesmo período do ano passado, acentuando o crescimento assinalado no mês de Novembro e também ao longo do ano”.

Já nas compras físicas na Rede Multibanco “verificou-se um decréscimo de 11% em comparação com o mesmo período de 2019, embora tenham crescido dois pontos percentuais face ao mês de Novembro”.

Ainda de acordo com a mesma fonte, os portugueses gastaram em média 39,4 euros por compra na Rede Multibanco, um incremento de cerca de 5,6% face ao mês anterior. E, a assinalar o Natal, os maiores crescimentos de compras verificaram-se nos jogos, brinquedos e puericultura, perfumaria e cosmética, bem como em decoração e artigos para o lar

O pico das operações na Rede Multibanco verificou-se no dia 24 de Dezembro, à 11h30, com 312 transacções por segundo, e o dia com maior número de compras físicas no ano foi o dia 23, com mais 57% face à média diária do mês.

Os dados da SIBS mostram ainda que a região de Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a zona do país onde a retracção no consumo presencial mais se acentuou desde o início da pandemia. No mês de Dezembro, por exemplo, o número de compras em loja caiu 17% face ao período homólogo de 2019. Também no Norte as recentes medidas restritivas traduziram-se numa queda de 12% nas compras físicas no último mês.

“No geral, a maioria das regiões do país registaram quebras no consumo em loja, com excepção dos Açores e do Alentejo, em que se verificou uma evolução positiva de 4% e 2%, respectivamente, face a Dezembro de 2019, revela a empresa em comunicado.