Peritos dizem que vestígios islâmicos na Sé de Lisboa não são de antiga mesquita

Pareceres foram analisados esta quarta-feira e o Conselho Nacional de Cultura pediu uma revisão do projecto em curso. LNEC diz que o monumento apresenta “uma vulnerabilidade sísmica excessiva”.

Foto
Rui Gaudencio

Os peritos a quem o Conselho Nacional de Cultura (CNC) pediu parecer sobre os vestígios islâmicos encontrados no claustro da Sé de Lisboa são unânimes em considerar que “não existe evidência” de que as estruturas tenham pertencido à antiga mesquita principal da cidade.