Há uma mesquita na Sé de Lisboa? O debate veio para ficar, mas é preciso agir

Parecer de engenharia diz que é “urgente” repor a segurança estrutural do monumento. Académicos esgrimem argumentos sobre os achados, sobre os quais há uma única certeza: serão preservados.

Foto
Rui Gaudêncio

A discussão tornou-se pública por causa da polémica que há uns meses se gerou, mas a descoberta de nove compartimentos do período islâmico por baixo dos claustros da Sé de Lisboa apenas relançou um debate que há anos decorre na comunidade científica: seria ali a principal mesquita da cidade quando as tropas de D. Afonso Henriques nela entraram, em 1147?