Douro pode perder estatuto de património da humanidade se vir aprovado hotel em Mesão Frio

Parecer técnico da Unesco abre caminho a uma futura exclusão do Douro vinhateiro do património mundial por causa de um hotel que Mário Ferreira quer construir no lugar da Rede. Projecto está em consulta pública até dia 29.

Foto
Goncalo Dias

A Comissão Nacional da Unesco (CNU) considera que aprovação de um hotel de cinco estrelas no lugar da Rede, concelho de Mesão Frio, um projecto antigo retomado pelo empresário Mário Ferreira, vai colocar a paisagem do Douro vinhateiro na lista dos bens classificados em perigo, “abrindo caminho para uma futura exclusão da lista de património mundial”.