Pandemia ameaça colapsar o SNS

No meio de preocupações sobre o incumprimento das regras de confinamento, os maiores hospitais nacionais estão a lutar contra um preocupante surto de infecções e mortes por covid-19.

 

"Este hospital, como todos os outros, está a fazer um enorme esforço para ter estes pacientes, mas chega a um ponto em que não há mais capacidade. Não há mesmo. Precisamos de continuar a tratar outros pacientes também", afirma Antonio Pais de Lacerda, director do Serviço de Medicina II do Hospital Santa Maria, em Lisboa.

De acordo com um porta-voz do hospital, apenas estão disponíveis cinco das 48 camas da unidade de cuidados intensivos de Santa Maria atribuídas a doentes com covid-19.

O sistema de saúde, que antes da pandemia tinha o menor número de camas de cuidados críticos por 100.000 habitantes na Europa, pode acomodar um máximo de 672 pacientes covid-19 em UCI. O número de pessoas internadas em cuidados intensivos chegou aos 664 no domingo.

Sugerir correcção