Ataques racistas e neonazis interrompem sessão organizada por alunos do Liceu Camões. PJ investiga

Associação de estudantes organizou debate sobre a escravatura e o racismo no Zoom. A certa altura o ecrã foi invadido por suásticas, ameaças racistas, saudações nazis e imagens violentas. Direcção do Liceu fez queixa ao Ministério Público de acto “cobarde e racista” e está a estudar estratégias de prevenção. Polícia Judiciária vai investigar.

igualdade,educacao,sociedade,portugal,ministerio-educacao,crime,
Fotogaleria
Imagem de infiltrados na sessão da associação de estudantes
igualdade,educacao,sociedade,portugal,ministerio-educacao,crime,
Fotogaleria
Os ataques feitos pelos infiltrados no ecrã

Depois de terem dedicado o mês de Janeiro a discutir temas sobre LGBTQ+, a Associação de Estudantes da Escola Secundária de Camões centrou o mês de Fevereiro no racismo. O tema do debate de dia 18 de Fevereiro, na passada quinta-feira, via Zoom, era A Influência da Escravatura no Sistema e o Racismo Institucional