Paisagem marroquina de Winston Churchill bate recorde em leilão em Londres

Tower of the Koutoubia Mosque, única pintura que terá feito no decorrer da Segunda Guerra Mundial, e que pertencia à colecção de Angelina Jolie, foi vendida na Christie’s por 9,6 milhões de euros.

Foto
Tower of the Koutoubia Mosque foi pintado em 1943, em Marraquexe DR

Sem grande surpresa, até porque se tratava da expressão de uma aliança entre três figuras e imaginários associando a História, a Política e o Cinema — ou seja, “Winston Churchill + Franklin D. Roosevelt + Hollywood”, para citar a fórmula do diário The New York Times —, a pintura do primeiro-ministro inglês que liderou a vitória aliada contra Hitler na Segunda Guerra Mundial, Tower of the Koutoubia Mosque, bateu um recorde na sua “bolsa” pessoal, no leilão realizado esta segunda-feira na Christie’s de Londres.

Tower of the Koutoubia Mosque, que se crê ter sido a única pintura realizada por Churchill (1874-1965) no decorrer do conflito que assolou a Europa e grande parte do mundo entre 1939 e 1945, e que pertencia à colecção pessoal da actriz Angelina Jolie, foi arrematada ao telefone por um comprador não identificado por 8,3 milhões de libras (cerca de 9,6 milhões de euros), mais do triplo da base de licitação (2,5 milhões de libras).

Trata-se da representação de uma paisagem do Monte Atlas, em Marrocos, e que Churchill ofereceu ao Presidente norte-americano em Janeiro de 1943, após a realização da Conferência de Casablanca, em que as forças Aliadas acordaram na imposição de uma rendição sem condições às tropas de Adolf Hitler. No dia a seguir ao fim da cimeira, o primeiro-ministro inglês convidou Roosevelt a juntar-se-lhe em Marraquexe, tendo então partilhado com ele as cores da cidade com as montanhas em fundo — pintando-as.

Informação suplementar sobre a história desta obra, cujo leilão fora já anunciado no início de Fevereiro, foi entretanto disponibilizada pela Christie’s, que referiu que a pintura terá sido oferecida por Brad Pitt a Angelina Jolie em 2011 — os actores de Mr. & Mrs. Smith (Doug Liman, 2005) casar-se-iam em 2014, e divorciaram-se dois anos depois. Segundo o NYT, Pitt comprou Tower of the Koutoubia Mosque por 2,95 milhões de dólares (2,45 milhões de euros) a um comerciante de arte de New Orleans, M.S. Rau, e ofereceu-a depois a Jolie.

O actual comprador adquiriu também, no mesmo leilão da Christie’s que foi dedicado à Arte Moderna Britânica, duas outras pinturas de Churchill, uma delas também realizada em Marrocos, Cena em Marraquexe, datada de 1935 (o primeiro ano em que visitou o país), custou 2,45 milhões de euros. Até ao momento, a obra do antigo primeiro-ministro inglês que tinha atingido o valor mais alto em leilão fora The goldfish pool at Chartwell (1932), que rendera 2,28 milhões de euros em 2014.

Muitas vezes classificado como “um pintor de domingo”, Churchill — que em 1953 foi também distinguido com o Nobel da Literatura, recorde-se —, apesar de ter começado a pintar já bastante adulto, por volta dos 40 anos, produziu perto de meia centena de obras até final da vida. E a sua arte tem vindo a ser alvo de uma atenção crescente por parte dos coleccionadores e dos negociantes de arte, principalmente nos EUA.