O ponto cego no nosso debate sobre as escolas

Pensar a médio prazo significa que o ensino secundário e superior tenha de ser repensado já, não só para responder aos impactos da pandemia mas também, e até sobretudo, aos outros desafios da nossa época.

Nunca foi tão fácil dar razão aos dois lados de um debate como naquele que temos tido sobre o encerramento das escolas. Têm toda a razão aqueles que salientam os terríveis impactos de longo prazo que o encerramento das escolas tem nas nossas crianças e jovens, pelos atrasos na aprendizagem e especialmente pelos aumentos das desigualdades que esse encerramento implica. Ainda assim, não deixam de ter razão aqueles que lembram que, no curto prazo, há que controlar uma pandemia e impedir que mais gente morra — e que fechar as escolas é uma medida que não pode ser descartada.