MEGA – Make Europe Great Again!?

Sem uma mudança de paradigma, a desesperança da juventude europeia continuará a ser terreno fértil para a “Eurofobia” e populismos, tornando difícil construir uma Europa “Great Again”.

Apesar das perspetivas otimistas do FMI para a economia mundial, é certo que a recuperação não ocorrerá de forma homogénea nas várias regiões do mundo, nem tampouco dentro dos próprios países, o que nos coloca perante um inevitável (?) agravamento das desigualdades.