Os investimentos não permitem fugir ao primeiro medo

Empresários portugueses já estiveram mais preocupados com um ataque a Pemba, até porque o receio agora é com a paragem da Total que vai arrefecer a economia da província.

Foto
Carlos Conceição, empresário da restauração

Há medo, apreensão, indefinição quanto ao futuro, sobretudo pela paragem do investimento da Total no projecto de gás natural, que deixou muitas empresas sem a principal fonte de receitas da província de Cabo Delgado, mas não há ninguém com vontade de fazer as malas e voltar para Portugal. Para os emigrantes portugueses em Pemba, o momento é de esperar para ver.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários