1961: quando começou a guerra?

Dizer que a guerra em Angola começou com os massacres do 15 de Março e não com a rebelião do 4 de Fevereiro ajuda à narrativa da violência legítima, como se tivessem sido os independentistas a provocar a guerra.

Há 60 anos, a 9 de junho de 1961, Portugal era condenado pela primeira vez no Conselho de Segurança das Nações Unidas por causa da Guerra Colonial. Nove dos 11 países representados votaram a favor, incluindo os EUA (principal motivo de preocupação e irritação para Salazar), de uma resolução que recordava a Portugal o dever de proceder à “transferência de todos os poderes, sem condições ou reservas, para as populações dos territórios [sob dominação colonial]” e apelava à “cessação de todas as medidas repressivas” em Angola que o Governo português adotara desde a rebelião de fevereiro, em Luanda, recordando o seu dever de “respeito dos direitos humanos e das liberdades fundamentais” das populações sujeitas ao seu domínio colonial.

Sugerir correcção
Ler 6 comentários