Michel Corboz (1934-2021): o maestro que fez do Coro Gulbenkian “uma máquina perfeita”

Nascido na Suíça, chegou a Portugal em 1964 para leccionar direcção vocal. Cinco anos depois tornou-se maestro titular do Coro Gulbenkian, cargo que manteve até 2021. Tinha 87 anos.

Foto
Nuno Ferreira Santos

Nasceu no centro da Europa, em Marsens, no cantão suíço de Friburgo, mas o seu longo trajecto como maestro ficaria indelevelmente ligado a Portugal. Durante mais de meio século, Michel Corboz foi o maestro titular do Coro Gulbenkian, com o qual se estreou a 17 de Dezembro de 1969. Além dos inúmeros concertos que dirigiu ao longo dos anos, realizou 37 gravações com aquela formação, de que era actualmente maestro honorário. Vivia em Lausanne, na Suíça, e morreu esta sexta-feira aos 87 anos.