Socialista Anne Hidalgo quer ser a primeira mulher a liderar a França

A presidente da Câmara de Paris tem pela frente a difícil missão de fazer renascer o Partido Socialista francês mas, para já, as sondagens não lhe dão mais do que 8% das intenções de voto.

Foto
Anne Hidalgo apresenta este domingo a sua candidatura à presidência francesa ERIC GAILLARD/Reuters

Tirar o Partido Socialista da irrelevância em que caiu nos últimos anos e, pelo caminho, unir a esquerda francesa é a missão quase impossível que Anne Hidalgo, a presidente da Câmara de Paris, terá pela frente depois de anunciar este domingo em Rouen que será candidata à Presidência de França.