Von der Leyen mantém a rota, mas muda o foco para a dimensão internacional

A presidente da Comissão Europeia segue o programa que definiu após a eleição: quer ver a UE a liderar no combate às alterações climáticas, mas também alcançar a “soberania digital e tecnológica” do bloco. Com a acção política interna condicionada pelas eleições na Alemanha e França, a atenção vira-se agora para a agenda externa.

Foto
JULIEN WARNAND/POOL/EPA

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, que no seu discurso sobre o estado da União Europeia de 2020 proclamou o início da Década Digital da Europa, prepara-se, esta quarta-feira, para detalhar as medidas que vão garantir a transformação da UE nesse domínio até 2030.