Em Londres, quatro esculturas derretem em alerta para a falta de água

Com as quatro esculturas de gelo, instaladas perto da Tower Bridge, em Londres, WaterAid alerta para o desaparecimento de fontes de água potável nas comunidades mais vulneráveis, causado pelas alterações climáticas.

gelo,londres,escultura,ambiente,alteracoes-climaticas,agua,
Fotogaleria
Reuters/TOBY MELVILLE
gelo,londres,escultura,ambiente,alteracoes-climaticas,agua,
Fotogaleria
Reuters/TOBY MELVILLE
gelo,londres,escultura,ambiente,alteracoes-climaticas,agua,
Fotogaleria
Reuters/TOBY MELVILLE
gelo,londres,escultura,ambiente,alteracoes-climaticas,agua,
Fotogaleria
EPA/VICKIE FLORES

A organização não-governamental WaterAid colocou na manhã desta quarta-feira, 15 de Setembro, quatro esculturas de gelo perto da Tower Bridge, em Londres, que retratam figuras a caminhar para recolher água potável. A campanha ambiental tem como objectivo alertar para as alterações climáticas e o consequente desaparecimento de fontes de água potável, em comunidades mais vulneráveis.

Segundo o comunicado enviado ao P3, as esculturas são baseadas em indivíduos do Mali, Burkina Faso, Índia e Colômbia – países onde uma em cada dez pessoas não têm água potável perto de casa, o que as torna mais susceptíveis a doenças, além de ter um impacto negativo na educação e nos meios de subsistência.

As esculturas de gelo foram feitas por artistas naturais de Londres, da empresa The Icebox. Uma das pessoas que viu a sua história ganhar vida através do gelo é François, um agricultor de 31 anos e pai de três filhos no Burkina Faso. Os poços na sua aldeia começaram a secar como consequência do aumento da temperatura. “Tens que te orientar com a pouca água que tens ou simplesmente desistir de certas necessidades por falta de água”, diz, citado no comunicado.

WaterAid/ Oliver Dixon
WaterAid/ Oliver Dixon
Fotogaleria
WaterAid/ Oliver Dixon

A organização avança ainda que do valor total do financiamento climático global apenas 5% se destinam a ajudar os países a adaptarem-se às alterações climáticas e que grande parte desse dinheiro não é investido nas comunidades mais afectadas por esta problemática.

A WaterAid é uma organização internacional sem fins lucrativos, focada em questões relacionadas com a água, condições de saneamento e higiene. A associação foi criada em 1981 como resposta à década da Água Potável Internacional da Organização das Nações Unidas (ONU).

Texto editado por Amanda Ribeiro