“Havia a mentalidade de votar no partido do padre e do senhor doutor. Foi uma pequena revolução”

Três bastiões de diferentes partidos, PS, CDU e PSD, mudaram de cor pela primeira vez desde 1976. Fomos ouvir os munícipes destes concelhos para tentar perceber o que fez mudar o longo ciclo político em Penela, Reguengos de Monsaraz e Montemor-o-Novo.

Foto
Há sete câmaras que mudaram de partido pela primeira vez

Eduardo Santos, o novo presidente da Câmara de Penela, começa por deixar um aviso ao fotojornalista do PÚBLICO, que se concentra no enquadramento da imagem. “Eu não queria cruzar os braços. É que os meus adversários apareciam nos cartazes de braços cruzados e as pessoas comentavam muito isso”, justifica, perante o dilema sobre o que fazer às mãos enquanto posa para a fotografia, com o castelo que serve de vizinho aos paços do concelho em pano de fundo. Diz ter ouvido, durante a campanha, que “de braços cruzados ninguém faz nada”. Não se esqueceu.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários