Um pulo a Mértola

Apercebi-me, em visita recente, de desenvolvimentos bastante prometedores em três áreas: património, relacionado de perto com a cultura e o turismo; ciência; e agricultura.

Já toda a gente falou dos resultados das autárquicas em Lisboa, Porto e Coimbra. Mas, tirando Coimbra, em recessão demográfica, a população é numerosa nessas cidades. Escolhi um município do interior desertificado – Mértola – para verificar como vão os municípios portugueses muitos afastados dos grandes centros. A conclusão é que, nesta microamostragem, Portugal está a evoluir. Há projectos e mobilização em torno deles.