Nuno Melo candidata-se à liderança do CDS “por um imperativo de consciência”

Na sessão de apresentação da sua candidatura à liderança do CDS, no Porto, o eurodeputado criticou a direcção “pela forma como a democraticidade interna do partido está a ser torturada, num dos momentos mais confrangedores da nossa longa existência partidária”.

francisco-rodrigues-santos,palacio-cristal,nuno-melo,politica,cdspp,
Fotogaleria
Nuno Melo já é candidato à liderança do CDS,Nuno Melo já é candidato à liderança do CDS ,
francisco-rodrigues-santos,palacio-cristal,nuno-melo,politica,cdspp,
Fotogaleria
francisco-rodrigues-santos,palacio-cristal,nuno-melo,politica,cdspp,
Fotogaleria
francisco-rodrigues-santos,palacio-cristal,nuno-melo,politica,cdspp,
Fotogaleria
francisco-rodrigues-santos,palacio-cristal,nuno-melo,politica,cdspp,
Fotogaleria
francisco-rodrigues-santos,palacio-cristal,nuno-melo,politica,cdspp,
Fotogaleria

Nuno Melo declarou este sábado que se candidata à liderança do CSD-PP “por um imperativo de consciência” e por não conseguir “assistir quedo e mudo à progressiva perda de relevância do partido”. A sessão decorreu no Palácio da Bolsa, no Porto, e decorreu na véspera do  conselho nacional que vai marcar a data do congresso ordinário do partido.