Sindicatos dos médicos admitem endurecer contestação. Greve é hipótese em cima da mesa

Sindicato Independente dos Médicos e a Federação Nacional dos Médicos realizam uma convenção para avaliar a ausência de resposta por parte do Ministério da Saúde às reivindicações. Enfermeiros marcam greve para Novembro.

Foto
Manuel Roberto

Os sindicatos dos médicos admitem elevar o tom da contestação. Esta quarta-feira o Sindicato Independente dos Médicos (SIM) e a Federação Nacional dos Médicos (Fnam) reúnem-se para avaliar as condições de trabalho dos clínicos e a ausência de resposta por parte do Ministério da Saúde aos pedidos de abertura do processo negocial. A greve é uma das hipóteses em cima da mesa.