Fascismo nunca mais!

Esta sistemática acusação de o Estado de direito estar a ser posto em causa quando são postos em causa os interesses de uma certa classe de advogados ou, ainda, de uma certa OA, começa a ser, no mínimo, ridícula.

“Os advogados portugueses saberão, porém, resistir a este ataque, assim como resistiram durante o Estado Novo à tentativa de transformação da Ordem dos Advogados num sindicato integrado num sistema corporativo, tendo, pelo contrário, a Ordem dos Advogados estado sempre ao lado dos grandes advogados que se bateram contra a ditadura.”