Mel Brooks vai contar finalmente a segunda parte da sua História do mundo

History of the World: Part II vai tornar-se realidade numa série de variedades do Hulu.

Foto
Harvey Korman e Mel Brooks no filme de 1981 que agora terá uma sequela em formato de "série de variedades" para o serviço de streaming Hulu DR

Em 1981, era só uma piada. History of the World: Part I (Uma Louca História do Mundo), o filme de Mel Brooks que resumia numa série de vinhetas cómicas a História universal, sugeria, num falso trailer final, a possibilidade de um dia chegar uma segunda parte. Nas décadas que se seguiram, a lenda cómica, hoje com 95 anos, que não escreve nem realiza um filme desde 1995, manteve que essa ideia de uma sequela era apenas a gozar. Até agora. Esta segunda-feira, segundo a Variety, foi anunciada uma “série de variedades” do serviço de streaming Hulu (cujos conteúdos são distribuídos em Portugal via Disney+). Finalmente chegará History of the World: Part II.

A acompanhar Brooks na escrita do argumento estarão nomes como a cómica de stand-up Wanda Sykes, bem como Nick Kroll, de The LeagueKroll Show, Oh, Hello, ou Big Mouth, e Ike Barinholtz, de Eastbound and Down The Mindy Project. A equipa começará a escrever a série este mês, com vista a produzi-la na Primavera do próximo ano.

Se “série de variedades” parece um nome antiquado, foi nesse universo que, em 1950, Mel Brooks se iniciou na televisão, a escrever para programas de Sid Caesar como Your Show of Shows e Caesar's Hour. Estrear-se-ia na realização de filmes em 1967, com o musical The Producers (O Falhado Amoroso e Por Favor, Não Mexam nas Velhinhas, em português), depois transformado em espectáculo de palco no início dos anos 2000.

Citado pela publicação especializada norte-americana, Brooks, um dos poucos artistas no mundo que já ganharam um Emmy, um Grammy, um Oscar e um Tony, afirma: “Mal posso esperar por contar outra vez a verdade por detrás das mentiras de meia-tigela que o mundo foi ludibriado a acreditar que são História!”

O cómico não realiza um filme desde 1995, ano de Drácula: Morto, mas Contente!. Esta é a segunda adaptação a série que faz de um filme seu: em 2008, saiu uma animação baseada em A Mais Louca Odisseia no Espaço, a sua paródia de Star Wars