As redes sociais continuam a banir fotos de obras de arte “explícitas”. Por isso, os museus de Viena fizeram um OnlyFans

O Facebook e o Instagram impedem a publicação de obras de arte “explícitas”. Por isso, um conjunto de museus austríacos decidiu criar um OnlyFans para divulgar as suas peças. “Esta iniciativa de marketing não é a solução final para o problemático relacionamento entre o mundo da arte e as redes sociais, mas... queremos erguer-nos pelos nossos valores e crenças”, diz uma das responsáveis.

Foto
Kharmacher/Wiki

No final de 2017, uma mulher publicou no Facebook uma foto da Vénus de Willendorf, uma estátua com cerca de 30 mil anos que é uma representação das mulheres e da fertilidade. O Facebook considerou-a pornográfica e apagou-a.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários