A voz de Amália ao vivo no São Luiz e acompanhada por 100 músicos

Depois de 100 guitarras para Amália, agora é a vez de uma centena de músicos de várias áreas se juntarem no palco do São Luiz para acompanharem a voz (gravada) de Amália em canções para lá do fado, desde marchas populares a canções americanas, italianas, francesas ou espanholas.

Foto
Amália no filme francês Les Amants du Tage (1955) DR

Chama-se 100 Músicos para Amália e é um espectáculo desmesurado, quase inimaginável, mas que acabou por chegar a bom porto. No palco do Teatro São Luiz, em Lisboa, mais de uma centena de músicos de diversas áreas, portugueses e estrangeiros, vão acompanhar a voz de Amália Rodrigues, previamente extraída de gravações originais e isolada dos instrumentos que então a acompanharam, em várias canções do seu repertório não-fadista. Não haverá, no espectáculo, outra voz solista para além da dela, embora participem dois grupos corais.