Nostalgia por Trump

A presença no poder de Trump contribuiu para a intensificação de uma visão simplista da política. Era um “boneco”. Para órgãos de comunicação como a CNN, era um alvo facilmente inteligível.

Aconteceu numa entrevista recente, com Jon Stewart, na CNN, mas os exemplos são quase diários. Conotado com posições políticas de esquerda, o comediante foi convidado a falar sobre os impasses da democracia nos Estados Unidos. A partir de determinada altura percebeu-se que, em quase todas as perguntas, o entrevistador nomeava Donald Trump, levando Stewart a afirmar que era um erro focar os problemas ali enunciados num só indivíduo, mesmo sendo alguém tão nocivo como o ex-Presidente americano. Percebeu-se a cara de desilusão do jornalista.

Sugerir correcção
Ler 16 comentários