Pandemia deixou os idosos mais sós. Apenas 8% mantiveram visitas a familiares com a mesma regularidade

Grupo de investigadores portugueses procurou avaliar os efeitos da covid-19 nas pessoas com 60 e mais anos durante Junho e Agosto de 2020. Houve um forte impacto na saúde, segundo os resultados do trabalho publicado na revista Acta Médica Portuguesa.

Foto
Entre Junho e Agosto de 2020 só 23% dos mais velhos mantiveram os hábitos de caminhada Rui Oliveira

A pandemia teve “um impacto significativo” junto dos mais velhos, concluiu um grupo de investigadores portugueses que procurou avaliar os efeitos da covid-19 nas pessoas com 60 e mais anos entre Junho e Agosto do ano passado. Ficaram mais sozinhos e isolados: 16% dos inquiridos disseram não ter saído de casa e mais de 80% deixaram de visitar familiares ou passaram a fazê-lo com menos regularidade.

Sugerir correcção
Comentar