Com uma média de 2000 novos casos por dia, Portugal precisa de ter mais de 300 rastreadores para controlar a pandemia

Especialistas defendem que é preciso que o número de rastreadores acompanhe o aumento da incidência de novos casos de covid-19 para manter controlo da pandemia. Esta sexta-feira, o Governo reúne no Infarmed vários especialistas para analisar a situação do país.

Foto
Durante a pandemia as Forças Armadas reforçaram as equipas de rastreio de contactos e de inquéritos epidemiológicos Rui Gaudencio

Com uma média de 2000 novos casos de covid-19 por dia, o país precisa de aumentar o número de rastreadores e de testes para manter o controlo da pandemia. Os especialistas ouvidos pelo PÚBLICO defendem que, com os números actuais, é preciso ter 330 a 350 rastreadores no terreno para assegurar o controlo das cadeias de transmissão. Esta sexta-feira, o Governo reúne no Infarmed vários especialistas que vão analisar a situação e o reforço de medidas para travar o crescimento exponencial de casos.

Sugerir correcção
Comentar