ONSeries: Em Portugal não se pode falar de uma idade de ouro das séries, mas “estaremos a viver um momento prateado?”

Este é um encontro para falar de séries portuguesas no país das novelas. Cerca de 270 pessoas estão esta quinta e sexta-feira no CCB à procura do seu par — uma casa para a sua série ou uma série para o seu canal ou plataforma, bem como um parceiro para financiar a aventura.

cultura,tvi,sic,rtp,televisao,culturaipsilon,
Fotogaleria
ONSeries, um encontro para falar de séries portuguesas esta quinta e sexta-feira no CCB cortesia Onseries
cultura,tvi,sic,rtp,televisao,culturaipsilon,
Fotogaleria
Géraldine Gonard, directora do ONSeries DR
cultura,tvi,sic,rtp,televisao,culturaipsilon,
Fotogaleria
Um dos debates nas sessões do ONSeries no CCB ("Causa Própria", RTP1) cortesia Onseries

A série é a moeda de ficção audiovisual mais valorizada da última década e no ONSeries Lisboa, o primeiro encontro internacional dedicado às séries nacionais, uma ideia foi clara: em Portugal não pode falar de uma idade de ouro das séries, como reiterou o secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, mas as cenas dos próximos capítulos são promissoras. “Estaremos a viver um momento prateado?”, questionou a investigadora Catarina Duff Burnay sobre as mudanças na indústria que todos identificam — logo a começar pelo próprio evento, que reúne cerca de 270 empresários de media, argumentistas, produtores, programadores ou jornalistas de várias nacionalidades esta quinta-feira no Centro Cultural de Belém (CCB) para falar de séries no país das novelas.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários