The Last Shelter e Distopia: a emigração africana e a gentrificação do Porto vencem Porto/Post/Doc

Oitava edição do festival de documentários e cinema do real premeia filmes do maliano Ousmane Samassékou e do português Tiago Afonso. Festival continua ainda até dia 30.

filmes,cultura,portopostdoc,cinema,culturaipsilon,porto,
Fotogaleria
"The Last Shelter", do maliano Ousmane Zoromé Samassékou cortesia porto/post/doc
filmes,cultura,portopostdoc,cinema,culturaipsilon,porto,
Fotogaleria
"Distopia", do português Tiago Afonso cortesia porto/post/doc

O Porto/Post/Doc continua até 30 de Novembro, dia em que o concerto-performance de Pedro Costa e os Músicos do Tejo As Filhas do Fogo o encerrará oficialmente, e online até 8 de Dezembro, com cerca de dois terços do seu programa de filmes disponível na plataforma https://online.portpostdoc.com. Mas os vencedores das secções competitivas do festival foram já revelados, em cerimónia oficial que decorreu no Rivoli ao princípio da noite de sábado. The Last Shelter, do maliano Ousmane Zoromé Samassékou, Distopia, do português Tiago Afonso, e Nueve Sevillas, dos espanhóis Gonzalo García Pelayo e Pedro G. Romero foram os três grandes vencedores em longas, respectivamente nas competições Internacional, Cinema Falado e Transmission.

Sugerir correcção
Comentar