O humor de Ricardo Araújo Pereira e Gregorio Duvivier começa no camarim e acaba no palco

Em Um Português e um Brasileiro entram num bar… fala-se de palavras de Portugal que não viajaram para o Brasil e de palavras do Brasil que faltam em Portugal. A superioridade da língua portuguesa é o tema deste espectáculo que, depois de três noites em Lisboa, chega agora ao Porto.

Foto
Ricardo Araújo Pereira e Gregorio Duvivier em "Um Português e um Brasileiro entram num bar… " Álvaro Isidoro

Dois homens, um português e um brasileiro, refastelados em dois sofás em cima do palco a trocarem umas ideias sobre a palavra “siririca”. O termo existe no Brasil mas não em Portugal e um espectador, aproveitando o momento de diálogo entre palco e plateia, desculpou-se pela sua brejeirice ao concluir: “Significa que as portuguesas não siriricam”. Mas já lá vamos. Os humoristas Ricardo Araújo Pereira, 47 anos, um dos criadores dos Gato Fedorento e do programa de sátira política Isto É Gozar com Quem Trabalha, e Gregorio Duvivier, 35 anos, um dos criadores do Porta dos Fundos e do programa Greg News, juntaram-se domingo à noite na Aula Magna, em Lisboa, para o terceiro espectáculo Um Português e um Brasileiro entram num bar… E falaram, também, de “siririca”.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários