Morreu o compositor Alvin Lucier, que tratou o som como arte e natureza

Desapareceu o autor de I am sitting in a room e outros clássicos, um dos gigantes da música experimental americana.

Foto
Alvin Lucier em 1967 Família Lucier

Com ele, uma sala transformava-se no instrumento musical, instrumentos de percussão eram activados pelo cérebro, uma melodia dos Beatles transfigurava-se dentro de um bule de chá. O norte-americano Alvin Lucier, compositor e experimentador do som (simultaneamente manifestação da física das coisas e arte), morreu esta quarta-feira. Tinha 90 anos.

Sugerir correcção
Comentar