Viagem natalícia por dez “aldeias” de Norte a Sul

A deslizar no gelo ou a falar na “língua dos pês”, o país ergue aldeias, vilas e mercados para espalhar magia e animação. Escolhemos dez onde o Natal reina, sonha, pedala e até se respira.

caldas-rainha,natal,lazer,santa-maria-feira,fugas,lisboa,
Fotogaleria
Cabeça Aldeia Natal (Seia) DR
caldas-rainha,natal,lazer,santa-maria-feira,fugas,lisboa,
Fotogaleria
Cabeça Aldeia Natal (Seia) DR
caldas-rainha,natal,lazer,santa-maria-feira,fugas,lisboa,
Fotogaleria
Perlim, Santa Maria da Feira paulo pimenta
,Wonderland Lisboa
Fotogaleria
Wonderland em Lisboa DR
Casa do Castelo de Andrade
Fotogaleria
Óbidos Vila Natal DR
caldas-rainha,natal,lazer,santa-maria-feira,fugas,lisboa,
Fotogaleria
Castelo Mágico de Montemor-o-Velho DR

Perlim

Nasceu em 2008 com o nome Terra dos Sonhos e todos os anos atrai milhares de visitantes. A Quinta do Castelo de Santa Maria da Feira volta a transformar-se numa quinta comandada pelos sonhos, onde se pode falar “perlinês” (a língua dos pês), voar num slide, dançar numa discoteca à medida, saltar de árvore em árvore, passear pelos recantos na natureza, deslizar na pista de trenós, entrar na padaria da Lapónia, mergulhar em histórias de encantar ou andar de carrossel e de comboio. Tudo sob o olhar atento da Plim, “a cuidadora das estrelas, que oferece o seu brilho às árvores de Natal de todo o universo”. De 1 a 30 de Dezembro, das 13h30 às 19h (excepto dias 13, 14, 15, 24 e 25 de Dezembro). Nos dias de semana, a entrada custa 6€ (dos 3 aos 12 anos e seniores) e 7€ (dos 13 aos 64 anos). Aos fins-de-semana e feriados, o bilhete custa mais um euro. Em ambos os casos, as crianças até aos 2 anos não pagam. A pulseira de acesso a todos os dias do evento está disponível por 15€.
www.perlim.pt

Cabeça Aldeia Natal

Depois de ter passado à distância pelo calendário de 2020, numa edição exclusivamente online, a aldeia de Cabeça (Seia), no coração da Serra da Estrela, torna a pôr as mãos na natureza para embelezar a quadra de forma genuína e pura – tal como “o ar que aqui se respira”. Conhecida como a “Aldeia de Natal mais ecológica do país”, fruto da decoração sustentável que ilumina e ornamenta ruas e casas com materiais da terra e restos de limpezas florestais (giestas, videiras, pinheiros ou canas de milho são alguns dos exemplos), a nona edição da festa decorre entre 18 de Dezembro e 2 de Janeiro e torna a dar destaque à paixão e ao engenho partilhados pelas quase duas centenas de habitantes locais. Ao décor e iluminação juntam-se as tasquinhas e um mercado de Natal.
www.cabecaaldeianatal.pt

Castelo Mágico

“Uma viagem ao sonho de Natal”. É este o convite do Castelo Mágico de Montemor-o-Velho, que promete aos visitantes nada menos que um lugar encantado para desfrutar em família. De 2 a 30 de Dezembro, vivem-se momentos e coleccionam-se memórias entre a pista de gelo, o comboio mágico, o slide nas muralhas, um Hemispherium Viajante com filmes, uma exposição sobre Leonardo da Vinci, os passeios com animais e as sessões de astronomia para bebés, dinamizadas pelo Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra – uma das novidades no mapa desta quarta edição, a par dos concertos acústicos ao domingo. Aberto das 10h às 18h (dias úteis) e das 10h às 20h (fim-de-semana). Os bilhetes custam 6€ (5€ dos três aos 12 anos e seniores, grátis até aos 2 anos).
www.castelomagico.pt

Caldas, Rainha do Natal

Um passeio num balão de ar quente, animação musical itinerante, pinturas faciais para crianças, um carrossel, uma pista de gelo, um bazar nocturno, um “Pai Natal de Bicicleta” (passeio de “pasteleiras”), um comboio de Natal, montras enfeitadas (e em competição), street food, exposições... Tudo isto faz parte do programa de festas de Caldas da Rainha, que abriu em meados de Novembro e que se prolonga até ao início de Janeiro (mais detalhes aqui). Vem tudo embrulhado numa aposta na sustentabilidade, desde a poupança na iluminação à reutilização de materiais, passando pela promessa de replantar meio milhar de árvores.
www.facebook.com/caldasrainhadonatal

Óbidos Vila Natal

Montar a árvore, alinhavar presentes, ir a Óbidos Vila Natal. Muitas famílias já não abdicam desta trindade para alimentar a quadra. Este ano, a tradição volta a ser o que era. Até 2 de Janeiro, o espírito natalício torna a assentar no burgo medieval, na forma que lhe conhecemos: com magia e diversão in loco, para vários gostos e idades. No cardápio estão espectáculos, um presépio em tamanho real, a Casa do Pai Natal, voltinhas em atracções como a Roda Gigante, a Pista e Rampa de Gelo, o Carrossel de Cavalinhos, o Simulador de Realidade Virtual ou o comboio da terra, jogos, pinturas faciais, arborismo e, claro, os doces, a ginjinha e as figuras que fazem parte do imaginário natalício e que por ali andam, como gnomos, renas, bonecos de neve ou o Pai Natal. As portas estão abertas das 11h às 19h (das 11h às 16h nos dias 13 a 17, 24 e 31 de Dezembro). No Natal e Ano Novo, há visitas das 16h às 20h. Os preços variam entre os 5,50€ (dos 3 aos 11 anos) e os 7,50€ (maiores de 12 anos), havendo lugar a descontos e opções para famílias.
www.obidosvilanatal.pt

Wonderland Lisboa

Ao postal do centro de Lisboa não falta, este ano, a roda gigante altaneira às portas do Parque Eduardo VII, a assinalar o regresso da Wonderland para “devolver a magia do Natal a todos os que o celebram”, nota a organização, depois de um 2020 de portas fechadas. Entre 1 de Dezembro e 2 de Janeiro, a sexta edição torna a conjugar um mercado de presentes e sabores com um conjunto de atracções para toda a família. Dezenas de bancas de artesanato e street food disputam a atenção com carrosséis, trampolins, a casa do Pai Natal, uma enorme árvore de Natal e, para entrar no novo ano a deslizar, uma pista de gelo. Nos dias “normais”, a “terra da maravilha” está aberta nos seguintes horários: segunda a quinta, das 12h às 21h; sexta, das 12h às 24h; sábado, das 10h às 24h; e domingo, das 10h às 22h. Nas vésperas de Natal e Ano Novo, funciona das 10h às 16h; nos dias 25 de Dezembro e 1 de Janeiro, das 16h às 24h. A entrada é livre, desde que se tenha à mão o certificado de vacinação ou de teste negativo à covid-19 (ficam dispensadas as crianças com menos de 12 anos).
www.facebook.com/wonderlandlisboaoficial

Feliz Almada

Música, risos e magia. São estes os vértices principais de Feliz Almada, que faz votos de Boas Festas entre 8 e 23 de Dezembro, no centro da cidade. No primeiro campo cabem concertos de Ana Moura, Rui Veloso, Os Quatro e Meia, Dillaz, Tiago Nacarato e Irma, além de bandas filarmónicas, tunas e grupos corais. O humor marca presença com a comédia stand-up de Luana do Bem, Manuel Cardoso e Miguel Luz. A assegurar a magia estão os truques do ilusionista Hélder Guimarães. Mas o espírito espalha-se por mais convites: marionetas, teatro de sombras e outros espectáculos infantis, pista de gelo, carrosséis e o regressado Mercado de Natal Amigo da Terra, para fazer “compras de Natal e descobrir como contribuir para uma quadra mais sustentável e solidária”. O programa detalhado pode ser consultado aqui.
www.cm-almada.pt

Aldeia Natal do Seixal

É só seguir as luzes que enfeitam a baía, para ir dar a uma aldeia cheia de animação. Entre 1 de Dezembro e 2 de Janeiro, quem visitar o núcleo histórico do Seixal pode contar com duendes e outras personagens a povoar as ruas, uma incursão ao “bosque nevado” onde fica a casa do Pai Natal, uma viagem no comboio que percorre a zona ribeirinha, acrobacias na pista de gelo, uma fotografia de família numa “cabaça mágica” ou uma voltinha no carrossel parisiense (ou, passe a contradição, na mini-roda gigante). Ao lado, o mercado exibe as doces tentações tradicionais da quadra, a par de artesanato e outras sugestões de presentes. No programa cabem ainda sessões de contos, actuações musicais, números com fogo e outras actividades. A solidariedade também entra na aldeia: várias instituições locais fazem-se representar, convidando a contribuir para as suas causas através de donativos ou da compra de artesanato e bolos. As portas estão abertas de segunda a quinta, das 9h30 às 20h, e de sexta a domingo, das 10h30 às 22h, com excepção dos dias 24 e 31 de Dezembro, das 10h às 16h, e 25 de Dezembro e 1 de Janeiro, das 15h às 20h.
www.cm-seixal.pt

Aldeia dos Sonhos

A fazer as delícias das crianças desde 2014, a iniciativa volta a animar o coração da cidade de Loulé, assentando arraiais em quatro pontos estratégicos da cidade: Cerca do Convento Espírito Santo, Alcaidaria do Castelo, Largo D. Afonso III e Largo de S. Francisco. É por lá que andam atracções como a pista de gelo sintético, o carrossel, o comboio, a casa do Pai Natal e iguarias da estação como filhoses e rabanadas. A festa está montada entre 4 de Dezembro e 1 de Janeiro, das 14h30 às 19h (terça a sexta e domingo) e das 10h30 às 19h (sábado). A magia natalícia passa também por Quarteira e Almancil, onde estão instaladas, respectivamente, a Praça de Natal (Praça do Mar) e o Jardim de Natal (Jardim das Comunidades).
www.cm-loule.pt

Natal em Tavira

“Promover os produtos locais e da época, bem como o estilo de vida mediterrânico” é o propósito das mostras de artesanato montadas no Jardim das Palmeiras, a propósito do Natal em Tavira. Funcionam nos dias 8, 11, 12, 18, 19, 20, 21, 22 e 24 de Dezembro, das 10h às 18h (excepto no último, em que fecham às 13h) e contam com a participação de associações da terra. Entretanto, as lojas tavirenses são chamadas a fazer passatempos semanais que premeiam os fregueses com vouchers para gastar em compras. Mas há mais motivos para celebrar e vão até ao Dia de Reis. A música é um deles, venha de grupos de cantares e coros ou da Orquestra de Jazz do Algarve com Marta Hugon ou ainda do Gospel Collective. Também por lá anda a banda Al-Fanfare em arruadas e há concerto de Natal na Igreja do Carmo. A pista de gelo e a casinha do Pai Natal também não faltam à chamada. Para saborear a quadra, para além dos comes e bebes que pontuam a cidade, está agendada uma oficina de culinária com o chef Abílio Guerreiro. Para a iluminar, há espectáculo piromusical para receber 2022, “o qual será visível em vários pontos da cidade”, assegura o município, evitando assim aglomerações de pessoas. Até ao final, podem ainda ser visitados os presépios erguidos em vários locais. Todos os detalhes estão disponíveis aqui.
www.cm-tavira.pt

Sugerir correcção
Ler 1 comentários